segunda-feira, 24 de maio de 2010

Equipe E Jogada Da Semana

Domingo, 16 de maio, última rodada do Campeonato Italiano. A Internazionale vai ao estádio do Siena, vence por 1a0 (gol de Diego Milito) e é campeã da liga nacional, fazendo a dobradinha (havia conquistado a Copa da Itália duas semanas antes, com vitória sobre a Roma também por 1a0 e gol do próprio Milito).

Sábado, 22 de maio, final da Liga dos Campeões da Europa. Bayern de Munique, também tendo conquistado a dobradinha em seu país, era o adversário dos comandados de José Mourinho para ver com quem ficaria a Tríplice Coroa na temporada 2009-10. O treinador português já devia se sentir em casa no estádio Santiago Bernabéu, pois na noite anterior ao jogo havia fechado negócio para dirigir o Real Madrid na próxima temporada. A Inter teve uma grande noite na capital espanhola, e se não dominou a partida, teve postura de campeã. Forte na defesa e com qualidade na saída de bola, chegou aos gols que lhe garantiram o caneco. De quem foram os gols? Dele, do camisa 22, Diego Milito. 45 anos depois, o mais almejado troféu no continente europeu retorna às mãos interistas.

Jogadores cercam o argentino Diego Milito para comemorar o título: atacante marcou os dois gols do jogo.

A Inter conseguiu fechar uma temporada perfeita com uma semana perfeita. Apesar dos erros de arbitragem que beneficiaram o time nas semifinais com o Barcelona, a regularidade apresentada nas 3 competições disputadas mostram que os "nerazzurri" chegaram onde chegaram porque têm plenas condições para isso.

Em Milão, multidão festeja conquista que não vinha há quase meio século. A Tríplice Coroa é feito inédito na história do clube.

Jogada da semana

Eram 24 minutos jogados na etapa complementar na decisão da Liga dos Campeões da Europa. A partida estava em 1a0 para a Internazionale, e o Bayern acreditava no empate. Diego Milito, que já havia marcado o 1º gol do jogo, recebe a bola na intermediária e tem um marcador - o belga Van Buyten - a sua frente. O resto é história para contar e vídeo para recordar. Golaço, para fechar a temporada 2009-10 com chave-de-ouro.


sexta-feira, 21 de maio de 2010

Mexicanos Ou Chilenos Enfrentarão Brasileiros Na Final Continental

Chivas Guadalajara e Universidad de Chile de um lado. São Paulo e Internacional de outro. Estão definidas as semifinais da Libertadores da América 2010, competição que terá uma pausa e retornará após o término da Copa do Mundo, com os jogos de ida agendados para 28 de julho e os de volta para 4 de agosto.

Os mexicanos chegaram até aqui precisando fazer apenas 4 partidas, pois já entraram na competição a partir das oitavas-de-finais (fruto das questões acerca da Gripe Suína, que excluíram o clube da edição passada sob o argumento do "caos" vivido em território mexicano devido ao risco de contágio da enfermidade). E praticamente resolveu sua situação nos jogos de ida, dentro de casa, quando golearam Vélez Sarsfield e Libertad pelos mesmos 3a0. No campo do adversário, derrotas também semelhantes: 2a0 na Argentina e no Paraguai. O bom goleiro Liborio Vicente Sánchez, além do eficiente atacante Omar Bravo devem figurar como as principais esperanças da equipe por uma vaga na final. Além, é claro, de um grande resultado na partida de ida.

A Universidad de Chile chega nessa semifinal após liderar o grupo 8, onde jogou o Flamengo para a vice-liderança. Nas oitavas, classificação dramática diante do Alianza Lima. Nas quartas, reencontro com o clube brasileiro: vitória por 3a2 no Maracanã e derrota em Santiago por 2a1, garantindo vaga pelo critério de gols marcados na casa do adversário. O camisa 10 Walter Damian Montillo é muito habilidoso e pode ser considerado a maior ameaça da equipe quando tem a bola nos pés. Mas os chilenos também são perigosos sem a bola, pois demonstraram mais de uma vez, diante do Flamengo, que seus contra-ataques podem ser velozes e certeiros. Mais ainda se passarem pelo cérebro do time, Montillo.

Melhor defesa da competição. Tri-campeão das Américas e do mundo. Se isso não basta, vamos ver alguns dos nomes do atual elenco do São Paulo: Rogério Ceni, Bosco, Cicinho, Jean, Miranda, Alex Silva, Xandão, Renato Silva, Júnior César, Richarlyson, Jorge Wágner, Rodrigo Souto, Cléber Santana, Hernanes, Marlos, Dagoberto, Marcelinho Paraíba, Fernandão, Washington. Qualquer coisa diferente de título fica parecendo pouco para um clube que tem um plantel desse à disposição. Privilégio e dose-extra de responsabilidade para o técnico Ricardo Gomes.

Classificando-se na fase de grupos apenas na última rodada, a partir dali o Internacional definitivamente engrenou na competição. Nas oitavas, não se abalou com a derrota por 3a1 para o Banfield no jogo de ida, partida em que algumas decisões da arbitragem prejudicaram os colorados. Venceram por 2a0 no Beira-Rio e avançaram para as quartas. Pela frente, o atual campeão Estudiantes. Vitória por 1a0 no Beira-Rio e a partida previsivelmente emocionante de ontem, onde o Internacional conseguiu o gol da classificação aos 88', quando perdia por 2a0. Após o apito final, cenas que não combinam com o futebol, as quais prefiro nem mencionar. O Internacional de Jorge Fossati tem jogadores de qualidade, como Kléber, Guiñazu, D'Alessandro, Andrezinho, Walter, Giuliano (autor do gol supracitado), Sandro. A presença de área de Alecsandro também é algo que fortalece a equipe. A defesa tem a genética da Libertadores: o argentino Roberto Carlos Abbondanzieri no gol, o zagueiro uruguaio Gonzalo Sorondo formando dupla com o brasileiro Fabiano Eller. Se todos os setores estiverem funcionando bem, essa equipe seguirá calando os críticos, que não acreditavam numa classificação diante dos argentinos nas quartas e nem nas oitavas.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Com Elencos Deslumbrantes, Argentina E Espanha Estão Confirmadas

As convocações de duas das principais seleções presentes na Copa do Mundo 2010 estão confirmadas. Diego Armando Maradona e Vicente Del Bosque divulgaram os "seus 23" na tentativa de trazerem ou o tricampeonato argentino ou o inédito título mundial para os espanhóis, atuais campeões europeus.

Martín Palermo, ídolo e maior artilheiro na história do Boca Juniors, fez gol fundamental nas Eliminatórias e foi lembrado por Maradona.

Goleiros
Sergio Romero (AZ Alkmaar-HOL), Mariano Andújar (Catania-ITA) e Diego Pozo (Colón-ARG).

Defensores
Nicolás Otamendi (Vélez Sarsfield-ARG), Martín Demichelis (Bayern de Munique-ALE), Walter Samuel (Inter de Milão-ITA), Gabriel Heinze (Olympique de Marselha-FRA), Nicolás Burdisso (Roma-ITA), Clemente Rodríguez (Estudiantes-ARG) e Ariel Garcé (Colón-ARG).

Meias
Jonás Gutiérrez (Newcastle-ING), Juan Sebastián Verón (Estudiantes-ARG), Javier Mascherano (Liverpool-ING), Ángel Di María (Benfica-POR), Javier Pastore (Palermo-ITA),
Mario Bolatti (Fiorentina-ITA) e Maxi Rodríguez (Liverpool-ING)

Atacantes
Lionel Messi (Barcelona-ESP), Gonzalo Higuaín (Real Madrid-ESP), Carlos Tévez (Mancheter City-ING), Sergio Agüero (Atlético de Madri-ESP), Diego Milito (Inter de Milão-ITA) e Martín Palermo (Boca Juniors-ARG).

Jovem atacante Pedro Rodríguez, que finaliza bem com ambas as pernas, acabou desbancando jogadores mais experientes como Álvaro Negredo e Daniel Güiza.

Goleiros: Iker Casillas (Real Madrid), Pepe Reina (Liverpool) e Víctor Valdés (Barcelona).

Defensores:
Raul Albiol, Sergio Ramos e Alvaro Arbeloa (Real Madrid), Joan Capdevila (Villarreal), Carlos Marchena (Valencia), Gerard Piqué e Carles Puyol (Barcelona).

Meio-campistas:
David Silva (Valencia), Francesc Fábregas (Arsenal), Javi Martínez (Athletic Bilbao), Xabi Alonso (Real Madrid), Sergio Busquets, Andres Iniesta e Xavi Hernandéz (Barcelona).

Atacantes:
Fernando Torres (Liverpool), Jesús Navas (Sevilla), Fernando Llorente (Athletic Bilbao), Juan Mata (Valencia), David Villa e Pedro Rodríguez (Barcelona).

Ver essas seleções jogando é a promessa de assistir a um futebol envolvente, ofensivo e capaz de proporcionar ótimos momentos aos amantes desse esporte. Talvez nem tão agradáveis momentos para as seleções que cruzarem os seus caminhos.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Brasileiros Em Campo Pela América De Hoje E De Amanhã

O Chivas Guadalajara foi ao Paraguai, perdeu por 2a0 para o Libertad mas usufruiu da vantagem conquistada em seus domínios, semana passada, para avançar na Libertadores da América com um agregado de 3a2, em situação idêntica a das oitavas-de-final, quando eliminou o Vélez. O adversário do clube mexicano sairá do jogo entre Universidad de Chile e Flamengo. Já São Paulo e Cruzeiro duelarão no Morumbi para ver quem segue na competição, tendo pela frente o vencedor da chave que colocou frente a frente os finalistas da Copa Sul-Americana 2008 (Estudiantes e Internacional).

Pela Copa do Brasil, restaram apenas os campeões estaduais. Uma semifinal é entre o campeão paulista e o gaúcho enquanto a outra mede as forças de baianos e goianos.

Aos pitacos.

São Paulo (80%) e Cruzeiro (20%). Com a impactante vitória por 2a0 no Mineirão, o Tricolor Paulista conta com a melhor defesa do torneio para não sofrer 2 gols dos mineiros, que detém o melhor ataque da competição. Uma classificação celeste é possível, mas seria mais surpreendente do que o próprio triunfo dos visitantes no jogo de ida. Ano passado, os cruzeirenses conseguiram um 2a0 no Morumbi nessa mesma altura do campeonato.

Vitória (40%) e Atlético/GO (60%). O Vitória tem boa média de gols jogando no Barradão pela Copa do Brasil: marcou 4 no Corinthians/AL, 5 no Náutico, 4 no Goiás e 2 no Vasco. Detalhe: não sofreu um único gol nessas partidas. Curiosamente, o Atlético Goianiense sofreu exatamente um gol em cada partida como visitante na competição (enfrentou Bahia, Santa Cruz e Palmeiras). Essas estatísticas dificultam um prognóstico, talvez a lógica passe o favoritismo para o lado do Vitória, mas é inegável que um golzinho atleticano poderá desestabilizar severamente as pretensões baianas, jogando para o time da casa a necessidade de marcar 3 gols.

Santos (60%) e Grêmio (40%). Fosse contra qualquer outro adversário que participa ou participou dessa edição de Copa do Brasil, diria que as chances do Santos seriam de quase 100%. Mas a "natureza copeira" do Grêmio Football Porto Alegrense é algo que não deve ser menosprezado. Na Vila, diante desse "leve porém forte" time do Santos, terão de fazer-se valer disso mais do que nunca.

Estudiantes (40%) e Internacional (60%). Promete ser um jogo de fortes emoções, limito-me a dizer que acredito na capacidade do Estudiantes de fazer dois gols em seus domínios em similar dimensão na que acredito na capacidade do Internacional marcar um gol na casa do adversário. Caso ocorra ambos os casos simultaneamente, o apito final em La Plata transmitirá a certeza da presença de um clube brasileiro na final da competição.

Universidad de Chile (70%) e Flamengo (30%). O resultado obtido no Maracanã dá ao time da casa a significativa vantagem de poder se dar ao luxo de jogar no contra-ataque. Acontece que é exatamente aí que as coisas poderiam se complicar para La U, pois caso o Flamengo faça 1a0, jogará todas as suas forças pelo que seria um hipotético gol da classificação. Acontece que, nos outros 3 encontros entre essas duas equipes esse ano, em todos eles quem saiu na frente foi o clube de Santiago. As declarações do treinador chileno criticando de forma pejorativa o time adversário pode ser a motivação que o rubro-negro precisava. Resta saber como isso será tratado no plantel.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Equipe E Jogada Da Semana

Poderia ser o Bayern, campeão alemão e da Copa da Alemanha. Poderia ser a Inter, campeã itlaiana e da Copa da Itália. Poderia ser o Barcelona, campeão espanhol com 99 pontos ganhos. Mas elegemos o Chelsea, que conseguiu uma inédita dobradinha Premiership-Copa da Inglaterra vencendo o Wigan em Stamford Bridge por inapeláveis 8a0 e faturando a outra competição na decisão, em Wembley, por modesto 1a0 sobre o Portsmouth, em partida onde as traves foram protagonistas para evitarem uma nova goleada do time de Carlo Ancelotti (veja como foi).

Jogada da semana

Poderia ser o gol de voleio de Nicolas Anelka ou o primeiro dos 3 gols de Didier Drogba - que tentara fazer de bicicleta. Vamos dar a você essas e mais meia dúzia de opções para eleger a jogada da semana, todas elas no mesmo vídeo que reúne os 8 gols da goleada do Chelsea na última rodada da Premiership 2009-10.



Divirta-se.

Em Liga Bipolarizada, Barça Fatura O Espanhol Com Campanha Memorável

99 pontos: 31 vitórias, 6 empates e uma derrota (em 14 de fevereiro, diante do Atlético de Madrid). 98 gols pró e 24 gols contra. Tudo isso contando com o talento descomunal de Lionel Messi, artilheiro da competição com 34 gols e também o que mais deu assistências.

Genial, Lionel Messi é considerado por muitos o maior do mundo desde Diego Armando Maradona. O técnico da seleção argentina confia nesse talento para alcançar o título na Copa 2010.

Esse bicampeonato trata-se do 18º título barcelonista na Liga Espanhola, com uma pontuação jamais vista anteriormente e um futebol encantador tanto pela arte quanto pelo resultado. Sem qualquer dúvida, o Barcelona regido por Josep Guardiola figura entre os maiores times da história do futebol mundial.

"A exigência de Guardiola, seu discurso motivador e seu perfeccionismo mantiveram seus homens em alerta até o final, apesar da eliminação nas semifinais da Liga dos Campeões", destacou o jornal francês L'Équipe.

O vice-campeão Real Madrid sucumbiu à força catalã nos dois confrontos diretos: 1a0 no Camp Nou e 2a0 no Santiago Bernabéu, terminando com 96 pontos ganhos. A diferença do campeão para o 3º colocado Valência foi de 25 pontos, o que mostra nitidamente que o título da competição nada mais era do que um duelo particular entre Barça e Real. O 4º representante espanhol na próxima Liga dos Campeões é o Sevilla, que conseguiu eliminar os campeões na Copa do Rei no critério de gols marcados fora de casa. Caíram para a divisão abaixo os clubes: Real Valladolid (que se despediu diante dos campeões, numa goleada de 4a0 no Camp Nou), Tenerife e Deportivo Xerez. A soma do número de vitórias desses 3 times mais a do 17º colocado Málaga iguala o quantitativo de vitórias da equipe campeã (7 + 7 + 9 + 8 = 31).

Não há mais o que dizer senão parabenizar o maior time da atualidade. Parabéns, Barcelona!

Como Em 1995, Botafogo Vence São Paulo No Morumbi

Na última vez que o Botafogo foi ao Morumbi e venceu o São Paulo em jogo de Campeonato Brasileiro, Túlio Maravilha estava em campo, fez os 2 gols do jogo, e, ao término da competição, o alvinegro sagrou-se campeão. Ontem, a vitória por 2a1, de virada, sobre o forte time misto tricolor foi conquistada com grande atuação coletiva do time carioca. Bem postado na defesa, contra-atacando com qualidade e sabendo movimentar a bola, parecia mais à vontade do que em muitas partidas feitas no Engenhão.

A melhor chance quando o jogo estava 0a0 foi da equipe da casa: Washington foi lançado por Jean, passou por Jéfferson, mais viu Antônio Carlos aparecer para evitar a conclusão. Pouco depois, o gol: Jorge Wágner alçou bola na área com precisão e Léo Lima cabeceou sem chance de defesa. A partir daí, o Botafogo cresceu em campo: empataria pouco depois em cabeçada de Antônio Carlos, mas o árbitro viu falta de Herrera a alguns metros do lance, anulando o gol. E foi justamente na jogada aérea que viria o empate: aos 27', Lúcio Flávio levantou a bola na área e o zagueiro-artilheiro Antônio Carlos fez seu 3º gol na competição. Washington reclamou falta no lance, mas dessa vez Sandro Ricci validou a jogada.

Com Somália dando segurança à defesa e as entradas de Marcelo Cordeiro, Renato Cajá e Edno, o Botafogo ficou ainda mais arisco e chegou ao gol da vitória aos 42 minutos da etapa complementar: Renato passou para Herrera, o argentino com o corpo bloqueou a marcação de Alex Silva e devolveu a bola para que o próprio Renato chegasse para finalizar, de primeira.

A equipe de Joel Santana chega aos 4 pontos ganhos e pega o Goiás, sábado, no Engenhão. Os comandados de Ricardo Gomes, com 1 ponto na competição, mudam o foco para a Libertadores, quando na quarta-feira deverão usar força máxima para receber o Cruzeiro.

Outros jogos

O Corinthians foi ao estádio Olímpico e venceu o Grêmio por 2a1, se tornando a única equipe com duas vitórias na competição. O tricolor segue com 1 ponto, priorizando avançar na Copa do Brasil.

Com Neymar errando pênalti, o Santos não conseguiu mais do que um empate por 1a1 diante do Ceará, na Vila Belmiro. É o 2º empate santista na competição e o 4º ponto da equipe cearense.

O Internacional foi ao estádio Serra Dourada, viu o Goiás abrir 2a0 no placar, mas virou o jogo para conquistar os 3 primeiros pontos na competição. O esmeraldino é o único a não pontuar.

Na Arena da Baixada, Atlético e Guarani ficaram no empate por 2a2. O Bugre chega aos 4 pontos enquanto o Furacão chega ao seu 1º ponto ganho.

Vasco e Palmeiras fizeram jogo fraco tecnicamente, com direito a jogadas bizarras como por exemplo o "encontrão" de Cleiton Xavier com Marcos que quase presenteou o time da casa com um gol. A torcida vascaína protestou virando-se de costas para o gramado de São Januário, enquanto dentro de campo os times não conseguiram tirar o 0a0 do placar. A situação de ambos os técnicos pode ser considerada delicada.

No Mineirão, o Cruzeiro correu atrás do prejuízo para arrancar um empate por 2a2 com o Avaí (perdia por 2a0). O time celeste chega aos 4 pontos mas mantém a atenção na Libertadores, pois tem jogo decisivo quarta, no Morumbi. O representante catarinense também alcançou os 4 pontos e tem o melhor saldo da competição (estreou vencendo o Grêmio Prudente por 6a1).

É interessante observarmos que, numa rodada onde metade dos jogos terminou com igualdade no placar, houve apenas duas vitórias das equipes mandantes.

domingo, 16 de maio de 2010

Milito Presenteia Moratti Com Gol Que Garante Scudetto

No dia do aniversário de 65 anos de Massimo Moratti, presidente da Internazionale, o time de Milão foi ao estádio Artemio Franchi e venceu o já rebaixado Siena por 1a0, gol de Diego Milito no 12º minuto da etapa complementar. Foi o 22º gol do camisa 22 no Calcio, artilheiro do clube na competição.

O drama foi maior do que os mais pessimistas torcedores interistas poderiam supôr, até porque o jogo foi para o intervalo com o Roma na frente na tabela (venceu o Chievo por 2a0, em Verona). Mas a grande jogada de Javier Zanetti e a conclusão precisa do compatriota Milito garantiram o 18º Scudetto da história da Inter e o 5º consecutivo (embora "apenas" 4 deles tenham sido conquistados dentro de campo).

Com o término do Campeonato Italiano, acompanharão a Internazionale na próxima edição da Liga dos Campeões da Europa a vice-campeã Roma, o Milan (que encerrou participação goleando a Juventus por 3a0, com 2 gols de Ronaldinho na despedida de Leonardo como técnico da equipe) e a Sampdoria, que se garantiu em 4º vencendo o Napoli, 1a0, no estádio Luigi Ferraris (gol de Giampaolo Pazzini, aos 6 minutos do 2º tempo). Já a equipe do Siena será acompanhada por Atalanta (18º lugar) e Livorno (20º), mas para a Série B italiana.

No próximo sábado, os comandados de José Mourinho irão ao Santiago Bernabéu fazer um duelo que dará ou à Inter ou ao Bayern de Munique uma inédita Tríplice Coroa: os clubes italiano e alemão faturaram as duas competições domésticas (Liga e Copa).

sábado, 15 de maio de 2010

Time Misto Do Vitória E Forte Chuva Empatam O Flamengo

O início de partida dava a impressão de que o Flamengo iria hoje, no estádio Barradão, reencontrar as boas atuações. Mas o futebol de alto nível ficou apenas nos minutos iniciais, quando o time chegou a abrir o placar com gol de Vágner Love, aproveitando rebatida mal feita pelo goleiro Vinícius após cruzamento de Adriano.

Na segunda etapa, a exemplo da primeira, ambos os times encontravam dificuldades em trocar passes devido a existência de diversas poças no gramado. Aos 40', o Vitória alcançou o gol de empate em lance de bola parada: Fierro cometeu falta próximo à meia-lua e Elkeson cobrou. A bola ainda foi espalmada por Bruno, mas para dentro do gol.

Agora, os rubro-negros voltam suas atenções para outras competições. O baiano terá pela frente o Atlético Goianiense, nesse mesmo estádio, em jogo que vale vaga na final da Copa do Brasil. Já o carioca irá a Santiago enfrentar a Universidad de Chile, buscando os gols que lhe colocariam na fase semifinal da Copa Libertadores da América.

Outros jogos

No 4º jogo sob o comando de Muricy Ramalho, o Fluminense conheceu sua primeira vitória com o novo treinador. Foi por 1a0, no Maracanã, diante de um Atlético Goianiense recheado de reservas. O gol do jogo foi marcado aos 24 minutos do segundo tempo, quando Mariano passou para Marquinho chutar cruzado. O próximo compromisso tricolor será domingo, quando irá enfrentar o Corinthians no Pacaembu. Já o Atlético irá ao Barradão, quarta-feira, tentar assegurar um resultado que lhe garanta vaga na final da Copa do Brasil.

O Grêmio Prudente, que estreou no Campeonato Brasileiro levando de 6a1 do Avaí, goleou o Atlético Mineiro por 4a0 e chegou aos mesmo 3 pontos do adversário, que na 1ª rodada havia vencido o Vasco por 2a1. Todos os gols da partida saíram na primeira metade de jogo: Araújo (2'), Flavinho (16'), Henrique Dias (41') e Diego (45').

Bem À Vontade, Bayern Goleia, Fatura Copa Alemã E Busca Tríplice Coroa


4a0. Foi com esse resultado que o Bayern de Munique sagrou-se campeão na Copa da Alemanha 2009-10, superando o Werder Bremen, 3º colocado na Bundesliga. Foi a 15ª conquista dessa competição por parte do maior vencedor do torneio. Os gols do jogo foram marcados por Arjen Robben, Ivica Olic, Franck Ribèry e Bastian Schweinsteiger.

Arjen Robben marcou, de pênalti, o primeiro gol na final da Copa da Alemanha: falta um título para a Tríplice Coroa.

Com mais essa conquista na temporada atual - já havia vencido a Bundesliga - o Bayern jogará, sábado que vem, a partida final na Liga dos Campeões da Europa, diante da Internazionale, buscando uma inédita Tríplice Coroa.

Comandados de Louis van Gaal buscarão no próximo dia 22 levantar o 3º troféu na temporada.

Ancelotti Dá Ao Chelsea Inédita "Dobradinha"

O campeão inglês voltou a campo hoje para fazer, em Wembley, a final da Copa da Inglaterra. O adversário da equipe comandada pelo italiano Carlo Ancelotti era o Portsmouth, clube rebaixado na atual edição da Premiership. Porém, os Azuis de Londres tiveram um outro grande oponente na tarde desse sábado: as traves defendidas por David James. Só no primeiro tempo, 5 bolas atingiram trave direita, trave esquerda ou travessão da meta do goleiro inglês - a mais incrível aconteceu aos 26 minutos, quando Salomon Kalou tinha o gol escancarado a sua frente, sem goleiro, e conseguiu carimbar o travessão. Na segunda etapa, o Portsmouth teve a chance de fazer 1a0, quando Juliano Belletti cometeu pênalti em Aruna Dindane. Mas Petr Cech defendeu a cobrança de Kevin-Prince Boateng. E aí, em cobrança de falta de Didier Drogba, não teve jeito: bola no fundo do gol e finalmente o zero saia do placar, aos 59'. Mas adivinhe só onde a bola bateu antes de entrar...

Didier Drogba havia conversado com a trave no primeiro tempo, e na segunda etapa foi ajudado por ela.

Aos 87', Frank Lampard ainda desperdiçou cobrança de pênalti - sofrido por ele mesmo - chutando a bola para fora. Nada que estragasse a festa do Chelsea, pela 6ª vez campeão dessa competição e pela primeira vez garantindo a Copa da Inglaterra na mesma temporada em que conquista a Premiership. O bicampeonato consecutivo nessa Copa também acontece pela primeira vez na história do clube.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Mourinho Com A Cabeça No Bernabéu

O título dessa postagem parece óbvio, afinal, a Internazionale - comandada pelo português José Mourinho - jogará no próximo dia 22 a final da Liga dos Campeões da Europa no estádio Santiago Bernabéu. Mas o fato que está atraindo os pensamentos de Mourinho para o campo de jogo não é exatamente a decisão da mais importante competição européia de clubes: o português está negociando com Florentino Pérez, presidente do Real Madrid - clube proprietário do estádio supracitado -, a sua ida para a capital espanhola tão logo termine essa presente temporada.

O polêmico treinador faz algumas exigências, como por exemplo: [1] total independência para negociar jogadores; [2] acordo com o presidente para estipular os prêmios por conquistas do time; [3] Maicon e Carlitos Tévez (Frank Lampard também está na mira).

Apesar de tantas especulações, o técnico da Internazionale garante estar focado na decisão a ser realizada daqui a oito dias. Alguém avise a ele que, antes do jogo em Madrid, há a última rodada do Calcio, com o pentacampeonato italiano em jogo. Afinal, pode ser a última partida de Mourinho com a Inter em território italiano, pois é bem capaz de que a viagem para o palco da final da Liga dos Campeões da Europa seja apenas de ida...

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Chivas, Universidad De Chile E São Paulo Se Aproximam Das Semifinais

Na terça-feira, em Guadalajara, o Chivas fez sua segunda partida dentro de casa pela Libertadores 2010. E, após sapecar 3a0 no Vélez Sarsfield, o placar se repetiu diante do Libertad (dois gols de Omar Bravo e um de Vásquez). O detalhe fica por conta do desperdício de um pênalti por parte da equipe visitante, quando o jogo estava 2a0. Como se não bastasse, o Libertad ainda pode lamentar uma bola chutada na trave, nos acréscimos da partida. Com este resultado, o clube mexicano jogará no Paraguai podendo perder por dois gols de diferença ou mesmo por 3, desde que marque pelo menos um.

No Maracanã, ontem, Flamengo e Universidad de Chile jogaram pela 3ª vez em 2010. Se pela fase de grupos houve vitória chilena em Santiago e empate no Rio de Janeiro, dessa vez La U conseguiu uma vitória por 3a2, carregando grande resultado na bagagem. O time visitante precisou de 23 minutos de jogo para abrir 2a0 no placar (gols de Maurício Victorino e Rafael Olarra). O Flamengo diminuiu aos 36', quando Adriano cabeceou cruzamento certeiro de Kléberson. Mesmo jogando a etapa complementar inteira com um homem a mais (Manuel Iturra recebeu o segundo cartão amarelo ainda no primeiro tempo), o Flamengo viu a Universidad de Chile alcançar o 3º gol logo aos 2 minutos, com Álvaro Fernández completando cruzamento de José Rojas. E o máximo que o clube carioca conseguiu foi um gol de Juan, em chute de fora da área que desviou para enganar o goleiro Miguel Pinto, aos 44'. A Universidad de Chile jogará em casa podendo perder por 1a0 ou 2a1 que mesmo assim avançará na competição. No jogo de ontem, Rogério Lourenço escalou o setor de meio-campo com Rômulo, Maldonado, Willians e Kléberson - será que, na necessidade de fazer pelo menos dois gols, abrirá mão de começar o jogo com jogadores como Michael, Petkovic e Vinícius Pacheco em pró de 'fortalecer a marcação no setor'?

No Mineirão, o melhor ataque do torneio recebeu a melhor defesa da competição. Contando com boas defesas de Rogério Ceni, atuação inspirada do estreante atacante Fernandão e com ambas as traves, o São Paulo conseguiu excelente resultado com a vitória por 2a0. O primeiro gol saiu aos 27', quando Marlos passou para Fernandão, recebeu de volta e deu assistência para Dagoberto encaminhar a bola para a rede de Fábio. O segundo veio na etapa complementar: aos 20', a zaga cruzeirense falhou e Fernandão tocou de calcanhar para deixar Hernanes em ótimas condições de concluir o lance. O Cruzeiro teve diversas oportunidades e a mais incrível delas deu-se nos minutos finais, quando Roger chutou cruzado e a bola acertou nas duas traves de Rogério Ceni, totalmente vencido no lance. Marcar 3 gols no Morumbi é a ingrata tarefa dos comandados de Adílson Batista. Mas 2009 pode servir de motivação, pois na última edição de Libertadores o Cruzeiro conseguiu vitória por 2a0, no mesmo Morumbi, para avançar na competição.

Outro jogo

O atual campeão da Libertadores vai ao Beira-Rio reeditar o que foi a final de outra competição continental: a Sul-Americana 2008. Se naquela ocasião o empate em 1a1 garantiu o título ao Internacional, dessa vez o Estudiantes deve ver esse resultado como um bom negócio para decidir a classificação em La Plata.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Na Noite De Hamburgo, Brilha A Estrela De Forlán

Após eliminação na fase de grupos na Liga dos Campeões, título na Liga Europa salva a temporada atleticana.

Jogo de ida pela semifinal da Liga Europa (UEFA Europa League): vitória por 1a0 sobre o Liverpool, em Madrid, gol dele.

Jogo de volta, em Liverpool, jogo na prorrogação (2a0 para os donos da casa), e o Atlético alcança o gol salvador, marcado por ele.

Finalíssima da competição européia, em Hamburgo, e eis que o Atlético de Madrid conquista uma vitória por 2a1. Os 2 gols? Dele.

Ele é uruguaio de Montevidéu, completa 31 anos de idade na próxima quarta-feira, e chama-se Diego Martín Forlán Corazo. A partir de hoje, é sem dúvida alguma um dos jogadores mais importantes da história do Atlético de Madrid.

No HSH Nordbank Arena, em Hamburgo, estavam presentes duas equipes que ocupam posições intermediárias em suas ligas nacionais. O Atlético entrará em campo pela última rodada no Campeonato Espanhol na 9ª posição enquanto o Fulham, de Londres, fechou sua participação na temporada inglesa com um 12º lugar. E foi no 12º minuto de jogo que Diego Forlán começou a mostrar seu cartão de visitas: recebeu na área, chutou cruzado e carimbou a trave do goleiro australiano Mark Schwarzer. O Atlético se impunha quando tinha a bola e José Antonio Reyes cobrou falta com precisão, próxima ao ângulo esquerdo de Schwarzer, que defendeu bem. Na marca de 31', não teve jeito: Reyes lançou para o português Simão Sabrosa que, de primeira, passou para Sérgio Agüero. O argentino tentou a finalização, mas o chute saiu torto e acabou encontrando, em posição duvidosa, Diego Forlán, que completou para o fundo do gol. Estava inaugurado o placar em Hamburgo.

Porém, o Fulham conseguiu empatar logo depois: aos 36', Bobby Zamora recebeu na área, fez muito bem o papel de pivô, a bola foi parar no flanco direito para o húngaro Zoltan Gera e de seus pés saiu um cruzamento que, após leve desvio na zaga espanhola, chegou caprichosamente ao alcance de Simon Davies, que emendou de voleio para marcar belo gol.

No segundo tempo, o treinador do Fulham, Roy Hodgson, decidiu deixar o time mais leve, substituindo Zamora para dar lugar ao estado-unidense Clint Dempsey, aos 10'. O Fulham até parecia mais arisco nos contra-ataques, mas não tinha poder de penetração. Quique Sánchez Flores trocou Simão por José Manuel Jurado (aos 23') e 10 minutos depois tirou Reyes para colocar Eduardo Sálvio. As jogadas atleticanas que mais levavam perigo passavam quase que obrigatoriamente pelos pés de Agüero, que deu muito trabalho ao sistema defensivo do clube londrino. O irlandês Damien Duff, pouco produtivo, deu lugar ao norueguês Erik Nevland aos 39 minutos.

Na prorrogação, Diego Forlán protagonizou a mais perigosa jogada do primeiro tempo: partiu com a bola dominada, se livrou da marcação, foi à linha-de-fundo e tocou para trás. A bola passou entre as pernas de Aaron Hughes e encontrou Agüero que, caído, esticou a perna e completou para a rede pelo lado de fora. Na segunda etapa da prorrogação, o Atlético seguia sendo a equipe que parecia mais determinada a decidir o jogo sem necessitar da disputa por pênaltis. Por falar em "decidir", adivinhe quem apareceu aos 115' para completar cruzamento rasteiro de Agüero? Ele. Diego Forlán. A vitória do clube espanhol foi justa: chutou mais vezes a gol (10 contra 3), teve maior posse de bola (53%) e contava com alguém que parece ser predestinado a brilhar quando mais se precisa dele. O nome dele você já sabe.

Forlán e Agüero, dupla de ataque sul-americana, festeja o gol marcado com 115 minutos de jogo.

terça-feira, 11 de maio de 2010

França Sem Benzema, Itália Sem Totti E Holanda Sem Seedorf: Vai Entender...

Futebol é uma caixinha de surpresas. Esse ditado já virou clichê no mundo da bola. E, pelos exemplos que trazemos de Dunga, Raymond Domenech, Marcello Lippi e Bert van Marwijk, poderíamos adaptar a velha máxima trocando a palavra "futebol" por "cabeça de treinador".

Aqui mostraremos as listas de convocados de 3 seleções que merecem atenção na Copa 2010: as finalistas de 2006 França e Itália, além da seleção de maior seqüência de invencibilidade no momento, a Holanda.

É incontestável que tratam-se de três grupos fortes e que têm todo o direito de buscar algo de respeito nesse Mundial. Mas é de chamar atenção a ausência de alguns atletas, seja pelo nome que eles construíram no futebol, seja pelo grande momento que vivem atualmente, seja pelo combinado das duas coisas.

Jovem estrela francesa, Karim Benzema não poderá brilhar na Copa do Mundo 2010.

Domenech, finalista na Copa passada, anunciou os seguintes 30 nomes, dos quais 7 serão excluídos.

Goleiros: Hugo Lloris (Lyon), Steve Mandanda (Olympique de Marselha), Cédric Carrasso (Bordeaux) e Mickaël Landreau (Lille);
Defensores: Bacary Sagna (Arsenal-ING), Eric Abidal (Barcelona-ESP), William Gallas (Arsenal-ING), Patrice Evra (Manchester United-ING), Rod Fanni (Rennes), Adil Rami (Lille), Sébastien Squillaci (Sevilla-ESP), Gaël Clichy (Arsenal-ING), Marc Planus (Bordeaux) e Anthony Reveillère (Lyon);
Meio-campistas: Jérémy Toulalan (Lyon), Lassana Diarra (Real Madrid-ESP), Alou Diarra (Bordeaux), Yoann Gourcuff (Bordeaux), Abou Diaby (Arsenal-ING), Yann M'Vila (Rennes), Florent Malouda (Chelsea-ING);
Atacantes: Sidney Govou (Lyon), Franck Ribéry (Bayern de Munique-ALE), Thierry Henry (Barcelona-ESP), Nicolas Anelka (Chelsea-ING), Djibril Cissé (Panathinaikos-GRE), André-Pierre Gignac (Toulouse), Mathieu Valbuena (Olympique de Marselha), Hatem Ben Arfa (Olympique de Marselha) e Jimmy Briand (Rennes).

Nem Patrick Vieira (Manchester City) nem Karim Benzema (Real Madrid) estarão na África do Sul. O primeiro é um volante que fez história com a camisa do Arsenal e que teve boa participação na Copa passada. Mas o grande período em desuso na Internazionale, antes de acertar o retorno ao futebol inglês, deve ter pesado na decisão do treinador. Benzema transferiu-se do Lyon para o Real e não faz uma boa temporada. Porém, tecnicamente é um jogador de grande qualidade e não por acaso Alex Ferguson insiste em levá-lo para o Manchester United.

Francesco Totti e o troféu da Copa do Mundo 2006: Azzurra buscará outro exemplar sem contar com o camisa 10 romano.

A atual campeã mundial irá para a África do Sul abrindo mão de alguns jogadores que foram importantes na conquista em solo alemão - casos de Alessandro Del Piero e Francesco Totti, ídolos na Juventus e na Roma, respectivamente. Há outros nomes ausentes que causam algum impacto: Alberto Aquilani, Antonio Cassano, Mario Balotelli e o brasileiro Amauri.

Dos 30 nomes abaixo, 23 embarcarão com a Azzurra.

Goleiros: Buffon (Juventus), De Sanctis (Napoli), Marchetti (Cagliari), Sirigu (Palermo);
Defensores: Bocchetti (Genoa), Bonucci (Bari), Cannavaro (Juventus), Cassani (Palermo), Chiellini (Juventus), Criscito (Genoa), Grosso (Juventus), Maggio (Napoli), Zambrotta (Milan);
Meio-campistas: Camoranesi (Juventus), Candreva (Juventus), Cossu (Cagliari), Gattuso (Milan), Marchisio (Juventus), Montolivo (Fiorentina), Palombo (Sampdoria), Pepe (Udinese), Pirlo (Milan), De Rossi (Roma);
Atacantes: Borriello (Milan), Di Natale (Udinese), Gilardino (Fiorentina), Iaquinta (Juventus), Pazzini (Sampdoria), Quagliarella (Napoli), Rossi (Villarreal-ESP).

De toda forma, a lista de Lippi é coerente com o que o técnico afirmara de manter o planejamento e somente convocar jogadores que vinham sendo chamados.

Meia de muita técnica, Clarence Seedorf vestiu 87 vezes essa camisa, mas não exibirá seu talento na próxima Copa.

A seleção holandesa, por sua vez, tem como principal característica o fato de apresentar um futebol ofensivo, com elencos recheados de jogadores com caracterísiticas que fazem jus à filosofia de jogo da Laranja Mecânica. Porém, mesmo com esse estilo de jogo que lhe é marca registrada, a Holanda convocada por Bert van Marwijk não terá jogadores como Clarence Seedorf (desde 2002 conduzindo a meiuca milanesa) e Ruud van Nistelrooy, que fez boa temporada com o Hamburgo. O curioso é que Klaas Jan-Huntelaar, contestado no Milan, figura na listagem de 30 nomes.

Goleiros: Maarten Stekelenburg (Ajax), Sander Boschker (Twente), Michel Vorm (Utrecht);
Defensores: Andre Ooijer (PSV Eindhoven), Vurnon Anita (Ajax), Khalid Boulahrouz (Stuttgart-ALE), Edson Braafheid (Celtic-ESC), Giovanni van Bronckhorst (Feyenoord), John Heitinga (Everton-ING), Joris Mathijsen (Hamburg-ALE), Ron Vlaar (Feyenoord), Gregory van der Wiel (Ajax);
Meio-campistas: Wesley Sneijder (Inter de Milão-ITA), Otman Bakkal (PSV Eindhoven), Mark van Bommel (Bayern de Munique-ALE), Wout Brama (FC Twente), Orlando Engelaar (PSV Eindhoven), Ibrahim Afellay (PSV Eindhoven), Nigel de Jong (Manchester City-ING), Stijn Schaars (AZ Alkmaar), David Mendes da Silva (AZ Alkmaar), Rafael van der Vaart (Real Madrid-ESP), Demy de Zeeuw (Ajax);
Atacantes: Arjen Robben (Bayern de Munique-ALE), Ryan Babel (Liverpool-ING), Eljero Elia (Hamburgo-ALE), Dirk Kuyt (Liverpool-ING), Jeremain Lens (AZ Alkmaar), Robin van Persie (Arsenal-ING), Klaas Jan Huntelaar (Milan-ITA).

Podemos até ter dificuldades em entender as ausências de Seedorf e Nistelrooy, mas com um grupo como esse, fica a certeza de que a Laranja poderá, sim, render um belo suco.

Para Dunga, Mais Vale Um Penta Na Mão Do Que Um Ganso Voando

Os brasileiros comemoraram, em 2007, o título da Copa América. Era uma seleção recheada de volantes mas que chegou na final da competição e goleou a Argentina. E isso ficou registrado.

Os brasileiros comemoraram, em 2009, o título na Copa das Confederações. Ignoraram o fato de passarmos sufoco diante de Egito, África do Sul e Estados Unidos, mas rolou uma goleada sobre a Itália e o troféu de campeão. E isso ficou registrado.

Os brasileiros comemoraram, ao longo das Eliminatórias, o sucesso de uma campanha que nos classificou para a Copa com 3 rodadas de antecedência. Parece que esquecemos os empates sem gols diante de Colômbia (duas vezes), Bolívia e Venezuela (ambos dentro de casa). Mas a seleção foi líder, quebrou tabu ao vencer Argentina e Uruguai fora de casa. E isso ficou registrado.

Agora pouco, o vitorioso e campeão técnico Dunga anunciou os 23 convocados.

Goleiros

Júlio César (Inter de Milão)
Doni (Roma)
Gomes (Tottenham)

Laterais
Maicon (Inter de Milão)
Daniel Alves (Barcelona)
Michel Bastos (Lyon)
Gilberto (Cruzeiro)

Zagueiros
Lúcio (Inter de Milão)
Juan (Roma)
Luisão (Benfica)
Thiago Silva (Milan)

Volantes
Gilberto Silva (Panathinaikos)
Felipe Melo (Juventus)
Josué (Wolfsburg)
Kléberson (Flamengo)

Meias
Ramíres (Benfica)
Elano (Galatasaray)
Kaká (Real Madrid)
Júlio Baptista (Roma)

Atacantes
Nilmar (Villarreal)
Grafite (Wolfsburg)
Luís Fabiano (Sevilla)
Robinho (Santos)

Como podemos observar, há na lista dois laterais esquerdos que não atuam na posição: Gilberto é meia esquerda no Cruzeiro e Michel Bastos meia direita no Lyon. Para o meio-campo propriamente dito, foram 8 nomes, e nenhum reserva para o Kaká, que provavelmente será escalado ao lado de 3 volantes, ficando sobrecarregado na função de levar a bola à eventual dupla de ataque. Não foi por falta de opção: Diego, Alex e Ronaldinho estão bem fisicamente. Foi escolha filosófica do treinador. Alguém em sã consciência acha que o pentacampeão Kléberson, reserva no Flamengo, esteja jogando mais bola do que Paulo Henrique Ganso, campeão estadual com o Santos?

Fatores mais extra-campo do que tangentes às quatro linhas fizeram com que Adriano não fosse relacionado, dando a Grafite a chance de disputar o Mundial. Nem irei citar o nome de Neymar, mas pergunta-se: não seria melhor levar o Tardelli? Veremos se Grafite conseguirá escrever seu nome com tinta permanente na história da seleção brasileira.

Acho que, após a divulgação dessa lista, a Copa ficou ainda mais em aberto. Os torcedores que curtiram o desempenho canarinho na Era Dunga devem estar rindo a toa. Resta saber se de alegria pela proximidade de mais uma conquista com esse grupo eficiente ou se de nervoso mesmo. O que ficará registrado?

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Portugal, Nosso 3º Adversário Na Copa, Anuncia Convocados

A seleção do grupo G de melhor campanha na Copa 2006 anunciou a lista de jogadores presentes no Mundial 2010. E há 3 brasileiros nela. Vamos aos nomes.

Goleiros
Eduardo (Sporting)
Daniel Fernandes (Iraklis-GRE)
Beto (Porto)

Laterais direitos
Miguel (Valencia)
Paulo Ferreira (Chelsea)

Zagueiros
Ricardo Carvalho (Chelsea)
Bruno Alves (Porto)
Rolando (Porto)
Ricardo Costa (Lille)

Laterais esquerdos
Duda (Málaga)
Fábio Coentrão (Benfica)

Volantes
Pedro Mendes (Sporting)
Pepe (Real Madrid)
Zé Castro (La Coruña)
Tiago (Atlético de Madri)

Meio campistas
Deco (Chelsea)
Raul Meireles (Porto)
Miguel Veloso (Sporting)
Simão (Atlético de Madri)

Atacantes
Danny (Zenit)
Liédson (Sporting)
Hugo Almeida (Werder Bremen)
Cristiano Ronaldo (Real Madrid)
Nani (Manchester United)

Os brasileiros são Képler Laveran Lima Ferreira (mais conhecido como Pepe, nascido em Maceió), Ânderson Luís de Souza (o Deco, natural de São Bernardo do Campo, e que vai pela segunda vez ao Mundial) e Liédson da Silva Muniz (baiano de Cairu).

Além de Deco, jogadores como Miguel, Ricardo Carvalho, Simão Sabrosa e Cristiano Ronaldo participaram ativamente na edição passada da maior competição de seleções da FIFA. Porém, vejo em Luís Carlos Almeida da Cunha - o Nani, que fez grande temporada com o Manchester United - um nome a ser muito debatido durante a Copa. Difícil de ser parado e menos badalado que o astro Cristiano Ronaldo, Nani tem uma combinação de agilidade e controle de bola que certamente ajudará Portugal a criar chances de gol e buscar a classificação às oitavas-de-finais.

Rio Ferdinand aponta para a fera: Nani vive o melhor momento na carreira, aos 23 anos de idade.

Vamos ver se o treinador Carlos Queirós, que antes de assumir a seleção era treinador adjunto de Alex Ferguson no Manchester United, conseguirá uma boa campanha na África do Sul.

Na sexta-feira 25 de junho, em Durban, às 11h de Brasília, Portugal e Brasil medirão forças em jogo que pode ser um confronto direto por vaga na fase seguinte.

Dunga anunciará amanhã os convocados.

Equipe E Jogada Da Semana

Entre os domingos 2 e 9, a Internazionale realizou 3 partidas onde qualquer tropeço lhe tiraria ou a liderança de uma competição ou o título de outra. Primeiro, uma visita a capital italiana para enfrentar a Lazio e vitória por 2a0, o que mantinha a equipe de José Mourinho na liderança na Série A. Quarta-feira, a final da Copa da Itália: jogando novamente no estádio Olímpico de Roma, um golaço de Diego Milito garantiu os "nerazzurri" numa partida que ficou marcada por muita confusão. Francesco Totti, principal estrela e ídolo no clube romano, agrediu Balotelli e, além do cartão vermelho, pegou 4 jogos de suspensão. Violências à parte, a Inter conquistou pela 6ª vez a Copa da Itália e seguiu em frente na busca por uma inédita Tríplice Coroa.

Elenco festeja conquista da Copa da Itália, após vitória por 1a0 sobre a Roma, no estádio Olímpico.

Ontem, pela penúltima rodada do Campeonato Italiano, a equipe recebeu o Chievo no estádio Giuseppe Meazza. Em partida onde o primeiro gol de cada time foi marcado por jogadores adversários (Thiago Motta, aos 12', e Andrea Mantovani, no minuto seguinte, jogaram contra o próprio patrimônio), a Inter conseguiu uma vitória por 4a3 e chegará na última rodada dependendo apenas de si para faturar o caneco: a partida será no estádio Artemio Franchi, diante do já rebaixado Siena. Um tropeço da Roma no jogo com o Chievo, em Verona, também assegura o troféu aos interistas (nas últimas 4 vezes que se enfrentaram no estádio Marc'Antonio Bentegodi, Chievo e Roma empataram em 3 ocasiões).

Jogada da semana

E a jogada da semana valeu um título citado nessa postagem: aos 39 minutos de jogo, o argentino Diego Milito recebeu bola na altura do meio-campo e, mesmo acompanhado de perto por 3 adversários, partiu em disparada em direção à meta adversária, finalizando com um chute forte, cruzado, sem dar chance ao goleiro Júlio Sérgio. Veja como foi.

A Inglaterra É Azul


Nesse domingo foi realizada a última rodada pela Premierhip na temporada 2009-10. E o Chelsea de Carlo Ancelotti não deu chance pro azar: recebeu o Wigan em Stamford Bridge dependendo apenas de suas forças e mostrou para quem quisesse ver que tinha força de campeão. A goleada por 8a0 encerra com chave-de-ouro uma campanha irrepreensível, com um ataque que marcou 103 gols em 38 jogos. É uma resposta categórica aos críticos que taxam o técnico Carlo Ancelotti de "retranqueiro".

Carlo Ancelotti deu seu "cartão de visitas" ao futebol inglês com título na Premiership.

Marcaram os gols do time londrino: Didier Drogba (3 vezes), Nicolas Anelka (duas), Frank Lampard, Salomon Kalou e Ashley Cole. Drogba foi também o artilheiro na competição, com 29 gols.

Outros jogos

O Manchester United terminou sua participação com vitória por 4a0 sobre o Stoke City, terminando na 2ª colocação, com 1 ponto a menos que o campeão. O Arsenal assegurou o 3º lugar e a vaga direta na próxima Liga dos Campeões da Europa também goleando por 4a0, em partida diante do Fulham, finalista da Liga Europa, e que termina a competição em 12º.

No que pode ter sido a última partida de Rafa Benítez no comando do Liverpool, a equipe deu números finais a uma decepcionante temporada sem sair do zero a zero com o Hull City, terminando na 7ª colocação. Além do Hull, Burnley e Portsmouth foram despromovidos da "Premier League" para a "Championship". Newcastle United e West Bromwich Albion garantiram o acesso, com a última vaga a ser decidida através de jogos eliminatórios que encontram-se em andamento: Notthingham Forest, Cardiff City, Leicester City e Blackpool estão na disputa.

Parabéns aos "Azuis", pela quarta vez vencedores dessa que é a liga nacional mais forte no planeta bola.

domingo, 9 de maio de 2010

De PC Para PC, Ceará Fatura 3 Pontos


Na estréia de Ceará e Fluminense na Série A 2010, tivemos um jogo fraco tecnicamente no Castelão. Foram poucas as chances de gol para ambos os lados, ficando evidente que o time dirigido por Muricy Ramalho depende muito do faro de gol do atacante Fred, ausente dos jogos desde que o novo técnico chegou às Laranjeiras.

O lance que definiu a partida nasceu aos 33 minutos da primeira etapa e teve duração de mais de 3 minutos. Em contra-ataque da equipe cearense, Geraldo recebeu combate faltoso de Cássio já dentro da área tricolor, e o árbitro Paulo César de Oliveira assinalou penalidade máxima, além de expulsar o zagueiro. O próprio Geraldo partiu pra cobrança, fez paradinha, mas acabou parando em defesa de Rafael. Porém, PC de Oliveira atendeu o auxiliar e ordenou que a cobrança fosse realizada novamente, alengando que o goleiro teria se adiantado - de fato, Rafael estava a frente da linha de fundo, mas o que resta ao atleta diante de tantos artifícios que favorecem o cobrador? Após muitas reclamações por parte dos jogadores da equipe penalizada, Geraldo partiu novamente pra bola - dessa vez sem paradinha - e a redonda foi parar no fundo do gol. Era o gol da vitória dos comandados de Paulo César Gusmão, aos 36', numa partida bastante escassa de criatividade. Se PC Gusmão vibrava com o resultado final, Muricy reconheceu após o término da partida que a equipe terá de elevar o nível para conquistar alguma coisa no Brasileiro.

Tardelli Não Marca, Mas Faz A Diferença No Mineirão

Numa tarde em que o habitualmente artilheiro tornou-se garçom para servir os companheiros, o Atlético venceu o Vasco por 2a1, no Mineirão, na estréia dessas equipes pela Série A 2010. O primeiro gol saiu após passe de Diego Tardelli para Ricardinho, que teve calma para recuperar uma bola quase perdida e chutar no contrapé de Fernando Prass, aos 9 minutos de jogo. 10 minutos depois, Tardelli tocaria com categoria para fazer 2a0, mas Muriqui colocou o pé na bola pouco antes dela cruzar a linha de fundo já com endereço certo. O Galo poderia até fazer mais gols no primeiro tempo, ficando grande parte do período com a posse de bola no campo do adversário. Na volta do intervalo, porém, os comandados de Vanderlei Luxemburgo diminuíram o ritmo e viram Élton fazer gol, aproveitando rebote após saída titubeante do goleiro Aranha. Se o time vascaíno tivesse maior qualidade, poderia arrancar um empate diante de um Atlético que de insinuante no primeiro tempo tornou-se uma equipe apática na segunda etapa. Mas o duelo entre times recém-eliminados na Copa do Brasil ficou nisso, 2a1 para os donos da casa.

Ricardinho comemora o primeiro gol atleticano na Série A 2010.

Diego Tardelli mostrou-se atento aos acontecimentos passados, procurando que os erros de 2009 não se repitam nesse ano (naquela edição, o Galo chegou a liderar com relativa folga, mas terminou a competição fora inclusive da zona da Libertadores): "Temos que saber jogar o Campeonato Brasileiro, saber entender o Brasileiro para não deixar escapar como no ano passado”, afirmou o atacante. Tardelli está na expectativa de figurar na lista de convocados de Dunga para a próxima Copa do Mundo, a ser anunciada terça-feira.

Campeões De Rio E SP Empatam Partida De 6 Gols

Nessa que foi a estréia de Botafogo - campeão estadual no Rio de Janeiro - e Santos - campeão estadual em São Paulo - na Série A 2010, os tradicionais clubes alvinegros empataram por 3a3, no estádio Olímpico João Havelange.

Dorival Júnior mandou a campo um time recheado de reservas, tendo em mente o jogo semifinal pela Copa do Brasil, no meio-de-semana. Jogadores como Pará, Léo, Arouca, Ganso e Robinho sequer viajaram para o Rio de Janeiro. Já Joel Santana contava com força máxima, numa formação semelhante a que conquistou a Taça Rio na final com o Flamengo. E foi o Botafogo quem saiu na frente, com Antônio Carlos aproveitando bate-rebate após lance de bola parada. O Santos empatou ao seu estilo, isto é, trocando passes: Neymar teve apenas o trabalho de concluir após boa assistência de Marquinhos. A virada veio 3 minutos depois, quando Somália cortou um passe do ataque santista mas acabou servindo caprichosamente o atacante adversário: André não perdoou e chutou sem defesa para Jéfferson. Nos instantes finais do primeiro tempo, novamente o zagueiro Antônio Carlos marcou para o Botafogo, levando as equipes para o vestiário com a igualdade no placar.

No segundo tempo, o Santos teve domínio territorial e levava mais perigo que a equipe da casa, mesmo com as alterações de Joel: tirou Renato Cajá e Túlio Souza para as entradas de Edno e Caio. O prêmio pela atuação superior ao adversário veio aos 34 minutos, quando Zé Eduardo completou de peixinho para colocar o Peixe novamente na frente. Porém, com o cronômetro marcando 43 minutos, o campeão carioca novamente buscou o empate, com o argentino Germán Herrera, um dos destaques do jogo.

Após o término da partida, Dorival comemorou o fato de o elenco santista mostrar força e somar um ponto no Engenhão. Joel, por sua vez, achou que o empate foi ruim para os dois times, embora tenha considerado o placar justo. O fato é que, pelo desenrolar da partida, o empate teve um sabor de um ponto ganho para o Botafogo e de dois perdidos para o Santos.

Engenhão recebeu mais de 25.000 pessoas na estréia de Botafogo e Santos na Série A 2010.

sábado, 8 de maio de 2010

Na Alemanha Não Tem Pra Ninguém: Bayern Campeão

Nós já sabíamos, mas faltava a confirmação aritmética. E ela se deu hoje, na última rodada da Bundesliga: o Bayern de Munique é campeão alemão na Bundesliga 2009-10. Na vitória de hoje, por 3a1 sobre o lanterna Hertha Berlin, a torcida pôde comemorar oficialmente o caneco nacional.

Torcedores comparecem ao estádio Olímpico de Berlin e festejam a conquista do time.

Na década de 2000, o clube hegemônico na Alemanha conquistou simplesmente 6 vezes o troféu de campeão na Bundesliga. Arjen Robben, com 16 gols e grandes jogadas ao longo da temporada, é sem dúvida alguma o principal destaque na campanha vitoriosa dos comandados de Louis Van Gaal. Por sinal, Van Gaal sagrou-se bi-campeão nacional (faturou a Eredivisie ano passado com o AZ Alkmaar). O Bayern agora busca o título da Copa da Alemanha e da Liga dos Campeões da Europa: a final de cada uma dessas competições será disputada nos próximos sábados, 15 e 22 de maio, respectivamente.

A Bundesliga termina assim na temporada 2009-10.

Bayern de Munique (campeão) e Schalke 04 (vice) têm presença assegurada na próxima edição da Liga dos Campeões da Europa; Werder Bremen (3º) disputa jogos eliminatórios para entrar na fase de grupos da maior competição européia de clubes; Bayer Leverkusen e Borussia Dortmund vão para a Liga Europa; Bochum e Hertha Berlin caem para a divisão imediatamente abaixo, dando lugar aos promovidos Kaiserslautern e St. Pauli; já o Nuremberg (16º colocado) fará um confronto em ida-e-volta com o Augsburg (3º lugar na divisão abaixo) para ver se continua na Bundesliga na próxima temporada, ou se troca de lugar com o adversário. Uma coisa é certa: a capital alemã não terá qualquer representante na divisão principal do país.

Vale dizer que o futebol alemão tem grandes chances de receber mais uma vaga para a Liga dos Campeões da Europa: o resultado na final, no estádio Santiago Bernabéu, pode garantir um 4º representante para o país, que conquistaria esse direito por um coeficiente da UEFA que analisa as performances de cada país filiado. Teremos equipes alemães torcendo pelo Bayern diante da Internazionale.

Parabéns ao campeão Bayern de Munique! Foram 20 vitórias, 10 empates e 4 derrotas - 72 gols pró e 31 contra. 70 pontos ganhos para o incontestável campeão alemão.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Série A - Será Dada A Largada

O Campeonato Brasileiro terá início nesse sábado, com 3 partidas. Nelas, estarão envolvidos os 4 semifinalistas da Copa do Brasil. No domingo, irão a campo outros 14 times, incluindo aí os 4 clubes brasileiros que marcarão presença nas quartas-de-final da Copa Libertadores da América. Muito provavelmente, essas oito equipes envolvidas com os jogos eliminatórios irão poupar alguns jogadores, pois a prioridade, a curto prazo, é a outra competição em andamento. São os casos de:

Santos - visita o Botafogo antes de enfrentar o Grêmio pela Copa do Brasil;
Atlético Goianiense - recebe o Grêmio em Goiânia antes de encarar o Vitória pela Copa do Brasil;
Grêmio - visita o Atlético/GO antes de medir forças com o Santos pela Copa do Brasil;
Vitória - visita o Palmeiras antes de enfrentar o Atlético/GO pela Copa do Brasil;
Flamengo - recebe o São Paulo antes do jogo com a Universidad de Chile pela Libertadores;
São Paulo - visita o Flamengo antes da partida com o Cruzeiro pela Libertadores;
Internacional - recebe o Cruzeiro antes de jogar com o Estudiantes pela Libertadores;
Cruzeiro - visita o Internacional antes enfrentar o São Paulo pela Libertadores.

Os jogos que envolvem duas equipes com foco apenas no Brasilerão são: Atlético/MG e Vasco, Corinthians e Atlético/PR, Ceará e Fluminense, Guarani e Goiás, e Avaí e Grêmio Prudente.

Fazendo-se uso de reservas, time misto ou força máxima, a pontuação é a mesma. Essa é a 1ª de 38 rodadas onde a vitória vale 3 pontos e o empate 1. Doa a quem doer.

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Abraçando O Regulamento, Fla Despacha Corinthians


Um dito popular de conotação motivacional para aqueles indivíduos que não encontram-se num grande momento afirma que "os últimos serão os primeiros". É bem verdade que ainda há um caminho a ser percorrido para o título continental, mas o Flamengo, clube de pior campanha entre os classificados para as oitavas da Libertadores, conseguiu eliminar a equipe que teve a melhor performance na fase de grupos, o Corinthians.

O Timão teve um excelente primeiro tempo, dominando as ações e fazendo 2a0 ainda antes do intervalo - placar que o classificava. Mas, logo aos 4 minutos da 2ª etapa, Vágner Love fez o gol rubro-negro. O time da casa não conseguiu reagir, teve um segundo tempo apático, e deu adeus ao sonho de conquistar o inédito título no ano de seu centenário de fundação. A postura da torcida presente no Pacaembu foi positiva e digna de nota: apoiou o time o tempo todo e foi possível ouvir o som de aplausos após o apito final.

O adversário do time carioca deverá ser o Universidad de Chile (enfrenta o Alianza Lima nesta quinta-feira, em Santiago, e se classifica mesmo com empate), equipe que o Flamengo não conseguiu vencer na primeira fase da competição.

Outros jogos.

Libertadores: Estudiantes 3a1 San Luís, Nacional 0a3 Cruzeiro.
Copa do Brasil: Vasco 3a1 Vitória, Atlético/GO 1a0 (2a1 nos pênaltis) Palmeiras, Grêmio 2a0 Fluminense, Santos 3a1 Atlético/MG.

Equipes grifadas garantiram classificação. Falta a definição de 3 equipes que marcarão presença nas quartas-de-final da Libertadores da América. A única chave definida é a que colocará frente a frente São Paulo e Cruzeiro, o que garante a presença de pelo menos um clube brasileiro na fase semifinal. Pela Copa do Brasil, as semifinais serão jogadas entre Atlético Goianiense e Vitória, de um lado, e Grêmio e Santos, de outro.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

3 Campeões Foram Conhecidos Hoje: Donetsk, Marselha E Milão Em Festa



O Shakhtar Donetsk venceu o Dynamo Kyiv, por 1a0, em confronto direto na disputa pelo título ucraniano e faturou o bicampeonato nacional com uma rodada de antecipação. O gol do jogo foi de autoria do lateral direito brasileiro Ilsinho, aos 15 minutos de partida. Na segunda etapa, o também brasileiro Jadson desperdiçou chance de ampliar a vantagem em cobrança de pênalti. Foi a 5ª vitória consecutiva da equipe (nos últimos sete jogos não sofreu um gol sequer) que conta com um elenco recheado de atletas tupiniquins. Além dos citados Ilsinho e Jadson, também atuam pelo clube: Alex Teixeira, Douglas Costa, Fernandinho, Luiz Adriano e William. Será que eles já sabem dizer "bi-campeão" no idioma local?


Na França, o Olympique de Marseille triunfou por 3a1 sobre o Rennes e garantiu a festa da torcida que lotou o estádio Vélodrome. A vitória no jogo de hoje garantiu o título francês para os comandados de Didier Deschamps, que não conquistavam a competição há 18 anos, quando o treinador atuava dentro das 4 linhas. É interessante observarmos que o Lyon tem um heptacampeonato consecutivo recente (conquistado entre as temporadas 2001-2 e 2007-8), mas desde o 7º título da equipe tivemos 3 vencedores diferentes: o próprio Lyon, o Bordeaux e, agora, o Olympique de Marseille, campeão com duas rodadas de antecipação.


Pela Copa da Itália, a Internazionale foi ao estádio Olímpico e venceu a Roma por 1a0 (golaço de Diego Milito, aos 39') para se sagrar campeã da competição e abrir o caminho para a conquista do que pode ser uma inédita Tríplice Coroa na história do clube - o título do Calcio está sendo disputado ponto a ponto com a própria Roma e a decisão na Liga dos Campeões da Europa ocorre dia 22 desse mês, com o Bayern de Munique. Poderia - e deveria - ser uma noite plenamente festiva, mas uma grande confusão tomou conta do gramado após o apito final. A agressão de Francesco Totti em Mario Balotelli, aos 87', foi algo absolutamente lamentável. Ainda houve conflito entre o brasileiro Rodrigo Taddei e o ganês Sulley Muntari antes do apito final. Mas, convenhamos, é preferível ilustrar com a imagem de José Mourinho beijando a taça...

Tottenham se garante na próxima UCL.


Em jogo que não valia título mas também teve caráter decisivo, o Tottenham foi ao estádio City Of Manchester e superou o time da casa com gol de Peter Crouch, aos 81'. A vitória garante ao time londrino um lugar na próxima edição da mais importante competição européia de clubes. Os Citizens, por sua vez, terão de se contentar com uma vaga na Liga Europa. As palavras do treinador do Spurs dão a dimensão do que representa ao clube esse resultado: "Eu só queria chegar lá, para terminar em quarto", disse Harry Redknapp. "É uma conquista fantástica para os jogadores e todos no clube".

Jogando Pelo Inglês Mas Mirando A Europa

Hoje teremos uma grande partida pela Premiership. Em jogo atrasado pela 29ª rodada, o City Of Manchester Stadium sediará o encontro entre Citizens e Spurs.

A classificação no pré-jogo mostra vantagem para os visitantes: o Tottenham aparece em 4º lugar com 1 ponto a frente do Manchester City. A tão almejada 4ª colocação por parte desses dois clubes dá o direito de participar na próxima edição da Liga dos Campeões da Europa (UEFA Champions League). Tem todos os ingredientes para se tratar de uma grande partida, pois são dois times de qualidade e que não querem ficar de fora da principal competição européia de clubes. Apimentando o duelo - se é que isso seria "necessário" -, o treinador do clube londrino acusou o City de chantagear em negociações (veja matéria a respeito).

Uma vitória do Tottenham garante o objetivo da equipe sem depender de nada na última rodada. Mas o empate também pode ser visto com bons olhos, pois aí bastaria vencer o lanterna Burnley, fora de casa, para assegurar o 4º lugar. O Manchester City tem maior responsabilidade em buscar a vitória: grandes investimentos, joga diante da sua torcida e, se não vencer, precisará derrotar o West Ham no campo do adversário e torcer pela vitória do Burnley naquele outro jogo.

Sabe Deus o que pode sair desse jogo de logo mais, mas vou apostar num empate dramático.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Antes Do Início Da Série A, Jogos Pela Libertadores e Copa BR

65% dos times que disputam a Série A no Campeonato Brasileiro 2010 terão compromissos importantes entre hoje e quinta-feira. Mas não pela liga mais competitiva do mundo e sim pela Copa Libertadores (casos de São Paulo, Cruzeiro, Corinthians, Flamengo e Internacional) ou pela Copa do Brasil (exemplos de Vasco, Vitória, Atlético Goianiense, Palmeiras, Grêmio, Fluminense, Santos e Atlético Mineiro).

É certo que pelo menos 5 dessas equipes estrearão na competição nacional tendo de conciliá-la com as fases eliminatórias de um desses torneios.

Vamos aproveitar a proximidade dos jogos de volta pelas oitavas da Libertadores da América e pelas quartas da Copa do Brasil para palpitar sobre o que achamos que deve acontecer nesses encontros.

São Paulo (80%) e Universitário (20%). O São Paulo trouxe na bagagem um empate sem gols no jogo de ida. Agora, no Morumbi, depende de uma vitória por qualquer placar que seja para avançar na competição. Empate sem gols leva o jogo para os pênaltis e empate com gols classifica o clube peruano. Uma eliminação dentro de casa seria motivo suficiente para instalar uma crise no Tricolor Paulista, até porque o trabalho de Ricardo Gomes não rendeu mais do que um 3º lugar no Brasileirão 2009 e uma presença na semifinal do Estadual 2010.

Vélez Sarsfield (10%) e Chivas (90%). Amplo favoritismo para o clube mexicano, que construiu uma vantagem maiúscula ao golear no jogo de ida por 3a0. Não é que o Vélez não tenha condições de reverter o placar, mas a missão de marcar 4 vezes e não ser vazado em nenhuma oportunidade diante de um adversário de qualidade e que provavelmente terá várias chances de contra-atacar é algo dificílimo.

Estudiantes (90%) e San Luís (10%). O atual campeão jogará diante de seus torcedores podendo empatar para se classificar. O adversário sequer figura nas quartas-de-final no Clausura mexicano e não deverá impôr grande resistência ao clube argentino.

Nacional/URU (30%) e Cruzeiro (70%). O Cruzeiro venceu no Mineirão por 3a1 numa partida em que poderia ter goleado (abriu 3a0 no primeiro tempo e construiu boas jogadas após o gol da equipe visitante). O Nacional poderá levar grande perigo caso consiga abrir a contagem em Montevidéu, mas creio que o Cruzeiro tem mais time e saberá o que fazer para não perder por 2a0 ou 3 gols de diferença.

Corinthians (40%) e Flamengo (60%). A vantagem rubro-negra é muito sutil, talvez mais psicológica do que funcional. Podendo jogar pelo empate ou, caso marque gol, podendo perder pela diferença mínima, o Flamengo tem grande chance de espantar o clima turbulento que se instalou na Gávea desde a eliminação na semifinal da Taça Guanabara e que se acentuou com maus resultados na Libertadores e nova derrota para o Botafogo, na final da Taça Rio. O Corinthians tem time para conseguir a classificação, mas quanto mais demorar para definir a sua situação, mais tenso deverá ficar o ambiente num Pacaembu que já testemunhou eliminações corinthianas que causaram revoltas na torcida.

Internacional (60%) e Banfield (40%). Acredito que o colorado possa conseguir a vaga, sim. Mas para chegar ao 2a0 ou a uma vitória por 3 gols de diferença (mesma missão do Nacional diante do Cruzeiro) terá de encontrar o seu melhor futebol. Caso algumas das atuações apáticas que a equipe colecionou nessa temporada se repitam, é muito provável que seja a última partida do clube gaúcho sob o comando de Jorge Fossati.

Universidad de Chile (90%) e Alianza Lima (10%). La U demonstrou bom futebol nas partidas diante do Flamengo, pelo grupo 8. Liderou a chave, foi às oitavas e venceu o jogo de ida por 1a0. Diante de sua fanática torcida, tudo leva a crer que será uma noite de festa.

Libertad (50%) e Once Caldas (50%). Teoricamente, a vantagem é do clube paraguaio, que joga em casa por uma vitória por qualquer placar que seja (mesma situação do São Paulo diante do Universitário). Porém, é bom ficar esperto ao time do Once Caldas. Não assisti nenhum jogo dessas equipes, mas o São Paulo, no Morumbi, suou para vencer esse clube colombiano por 1a0. E o Once Caldas tem uma história recente de respeito na Libertadores, é bom o Libertad não achar que ganhará o jogo e a vaga quando bem entender, embora ela seja perfeitamente possível.

Vasco (30%) e Vitória (70%). A vantagem do campeão baiano está no resultado que carrega para São Januário. Aquela vitória por 2a0 no Barradão obriga o cruz-maltino a sair para o jogo e buscar, pelo menos, 2 gols. Acontece que a zaga vascaína é algo que não inspira confiança já há algum tempo...

Atlético/GO (50%) e Palmeiras (50%). Os comandados de Geninho tiveram uma amarga derrota no Parque Antártica, com o único gol do jogo tendo sido marcado aos 49' da segunda etapa, de pênalti. O campeão goiano deverá impôr seu jogo sobre um Palmeiras que ainda não se afirmou, mas que tem a vantagem de poder, pelo menos a princípio, jogar esperando o erro do adversário. Confronto totalmente em aberto e que promete emoções.

Grêmio (90%) e Fluminense (10%). Muricy Ramalho estreou no Flu justamente no jogo de ida, no Maracanã, com derrota por 3a2. Novamente sem poder contar com Fred e Alan, recuperando suas saúdes, e sem Mariano, suspenso, o treinador recém-contratado irá ao Olímpico com 3 atacantes, algo muito incomum na carreira de Muricy. O campeão gaúcho já é um clube "copeiro por natureza", e com uma vantagem dessa em mãos, não deverá dar chance pro azar e se classificar sem grandes sustos.

Santos (60%) e Atlético/MG (40%). Tem tudo para ser o grande jogo dessa fase. Os alvinegros campeões paulista e mineiro medirão forças na Vila Belmiro, onde o Peixe jogará pela vitória e o Galo pelo empate. Os atleticanos arrumaram uma motivação-extra para o encontro com os "Meninos da Vila", pois querem mostrar que toda aquela euforia santista com direito a musiquinha "ô Luxemburgo (técnico do Atlético/MG e ex-Santos), pode esperar, a sua hora vai chegar" não ficou digerida. Cantar a classificação antes do jogo não costuma ser uma boa pedida, o futebol já mostrou isso em vários idiomas. Mas o Santos é, pelo menos levemente, favorito.

Considerações Finais Do Estadual RJ

Foi realizada ontem a premiação referente ao Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, vencido pelo Botafogo de Futebol e Regatas, campeão de ambos os turnos. E, não por acaso, foi o Glorioso o clube com maior número de troféus. A seleção da competição é composta por: Jéfferson (Botafogo); Leonardo Moura (Flamengo), Fábio Ferreira (Botafogo), Thiago Martinelli (Vasco) e Marcelo Cordeiro (Botafogo); Leandro Guerreiro (Botafogo), Willians (Flamengo), Dario Conca (Fluminense) e Philipe Coutinho (Vasco); Germán Herrera (Botafogo) e Vágner Love (Flamengo). Técnico: Joel Santana (Botafogo).

O goleiro Jéfferson foi nomeado craque do Carioca 2010. O atleta alvinegro teve grande regularidade ao longo do torneio, tendo somado grandes atuações nos 4 jogos decisivos (semifinais e finais de turno). Na final da Taça Rio, defendeu pênalti de Adriano quando a partida estava 2a1 para o Botafogo.


Jéfferson posa com o troféu de craque do campeonato: soberbas atuações foram decisivas.

Já era esperado que o Botafogo dominaria a lista, que acabou contando integralmente com jogadores de clubes que atuam na Série A do Campeonato Brasileiro, competição que terá início nesse final-de-semana. Porém, sente-se a falta do nome do atacante uruguaio "Loco" Abreu, que anotou gols importantes na campanha vitoriosa, tendo marcado gol tanto na final da Taça Guanabara (2a0 sobre o Vasco) quanto na da Taça Rio (2a1 sobre o Flamengo).

Outro premiado foi o jovem atacante Caio, de 21 anos, considerado por alguns como "talismã". Foi na maioria das vezes reserva, mas em diversas oportunidades entrou em campo para simplesmente mudar o curso da partida e dar a vitória ao alvinegro de General Severiano. O promissor atleta recebeu o troféu de "revelação".

Rebaixamento.

Coloca-se aqui uma crítica ao regulamento da FERJ (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro). Após o término de ambos os turnos, a equipe do Tigres do Brasil teve a pior campanha na soma dos resultados dos 15 jogos de 1ª fase e foi despromovido para a divisão inferior. A segunda pior campanha - que também acarreta rebaixamento - foi da equipe do Resende. Porém, devido à igualdade no número de pontos (a desvantagem da equipe do Resende era em relação ao saldo de gols), foi realizado um triangular final com a participação das outras duas equipes de pontuação idêntica ao Resende: o Friburguense e o Duque de Caxias. Nesse triangular final, Resende e Friburguense tiveram o mesmo número de pontos, mas o Frizão obteve um gol a menos no saldo. Por esse 1 gol de diferença, a equipe de Nova Friburgo retorna para a 2ª divisão do estadual após 13 anos. Perguntamos: se é para rebaixar devido ao saldo de gols, por que não foi feito isso antes, isto é, pra que esse triangular final?

Vida que segue. Mas é bom atentar para o regulamento, pois não é nada interessante que um rebaixamento possa se dar, novamente, num cenário como esse.

Parabéns ao campeão Botafogo de Futebol e Regatas! No Rio de Janeiro, não teve pra ninguém! E pensar que o time era o mais desacreditado dentre os 4 mais tradicionais, principalmente após sofrer, na 3ª rodada da Taça Guanabara, uma goleada por 6a0 dentro do Engenhão...

domingo, 2 de maio de 2010

Equipe E Jogada Da Semana



Na terça-feira, o Bayern de Munique foi ao estádio Gerland e não apenas conseguiu a classificação para a grande final na Liga dos Campeões da Europa: sapecou um sonoro 3a0 pra cima do Lyon, jogando um futebol ofensivo. Algo bastante bacana, notadamente se levarmos em consideração a postura de outros times quando jogam pelo empate sem gols, abrindo mão de ir para a frente e dedicando-se quase que exclusivamente a afastar o perigo da sua área sem tramar jogadas de ataque.

O Bayern foi competente na defesa - não tomou gols da equipe francesa - e conseguiu o que ninguém mais foi capaz nessa edição da competição européia: marcou 3 gols no goleiro Hugo Lloris. Aliás, todos eles foram de autoria do croata Ivica Olic.

No sábado, outro compromisso para a equipe de Louis van Gaal. Competição diferente - dessa vez a Bundesliga - mas novamente um personagem se destacou ao balançar a rede adversária 3 vezes: Thomas Müller. Com o 3a1 conquistado sobre o Bochum, o Bayern praticamente garantiu o título alemão, pois a derrota do Schalke 04 deixou o clube bávaro com 3 pontos de vantagem e um saldo de gols amplamente favorável, e faltando apenas uma rodada para o término da competição. O time ainda disputará a final da Copa Alemã e tem reais condições de conseguir uma Tríplica Coroa.


Jogadores e mascote celebram o resultado e a aproximação do título nacional: ótima semana para o clube.

Jogada da semana.

Pelo jogo de volta na semifinal da Liga Europa (UEFA Europa League), o Fulham recebeu o Hamburgo no estádio Craven Cottage, em Londres. Perdia por 1a0 e precisava de 2 gols para conseguir avançar à final, que será disputada no campo do próprio Hamburgo.

E o 1º gol do time da casa foi uma coisa linda. Simon Davies recebeu bola na área e se livrou do marcador dando-lhe um chapéu, antes de chutar para o gol de Mark Schwarzer. 6 minutos mais tarde, viria o gol da virada. E o Fulham estará na decisão da competição, algo inédito na história do clube.